Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2009
Imagem
ANCORAGEM

Ancoragem
Robert Dilts
Na PNL, "ancoragem" se refere ao processo de associar reações internas com algum gatilho externo ou interno porque assim, prontamente, podemos acessar essa reação de novo. A ancoragem é um processo que na superfície é similar à técnica do "condicionamento" usada por Pavlov para criar uma ligação entre escutar uma campainha e a salivação nos cachorros. Ao associar o som da campainha com o ato de dar comida para seus cachorros, Pavlov descobriu que, eventualmente, podia só tocar a campainha que os cachorros começavam a salivar, mesmo que não lhes fosse dada nenhuma comida. Na fórmula estímulo-reação dos behavioristas, entretanto, o estímulo é sempre uma sugestão ambiental e a reação sempre uma ação comportamental específica. A associação é considerada reflexiva e não uma questão de escolha.

Na PNL esse tipo de condição associativo foi expandido para incluir ligações entre outros aspectos da experiência além das sugestões puramente ambien…

NEUROLINGUISTICA

Imagem
Controle Mental & Neurolingüística  



Qual a relação entre o cérebro, a fisiologia dele e o Programa de Controle Mental?
A base material para a mente é o cérebro. Quando seu cérebro não funciona direito, você também não funciona, em termos físicos e psicológicos.
Como o cérebro controla nosso comportamento, melhorar seu funcionamento ajuda a sermos mais eficientes. Através do exame de SPECT (veja foto do aparelho ao lado), pode-se comprovar através de imagens do cérebro que nossos problemas de comportamento não são puramente psicológicos.

Os problemas estão também ligados à fisiologia do cérebro, quer dizer, ao seu funcionamento (fluxo do sangue, níveis de atividade metabólica, bioquímica, carga elétrica).
Com as imagens do cérebro (veja ao lado) pode-se comprovar que ações atribuídas ao “mau caráter” ou fator emocional de uma pessoa são na verdade causadas pelo mau funcionamento físico de uma parte do cérebro. Os comportamentos inadequados devem ser tratados com medicamentos, junto…

EMDR

Imagem
Como funciona EMDR?
Com o uso da técnica e dos exercícios, em pouco tempo, a pessoa que passa pelo processo tem a sensação de maior segurança no controle emocional. Os fatos perturbadores e traumáticos são sentidos de forma mais leve e é possível ter uma perspectiva mais otimista e alegre da vida. Certamente, essa superação é uma conquista para o processo de desenvolvimento pessoal. O passado deixa de ser tão negativo, o presente se torna melhor e o futuro passa a ser visto com mais opções, cheios de novas possibilidades para se viver bem a vida. É possível desejar melhores coisas para si e para os outros.  
Objetivo
O objetivo do EMDR é mudar a forma com se pensa de um fato passado ruim, deixando de forma mais amena e mais simples aquilo que já foi. Fatos passados negativos precisam de elaboração mental. Com o EMDR é possível uma mudança e transformação do que não está bom e que não é adequado para o presente. O que aconteceu de negativo faz parte d…

TERAPIAS

Imagem
ALGUMAS DAS TERAPIAS UTILIZADA:
DE REGRESSÃO. Objetivo é permitir que a pessoa recorde ou vivencie momentos significativo de sua vida.Que pode ter sido traumáticos a ponto de causar uma patologia física ou psicológica.
DE VIDAS PASSADAS.
Objetivo é transportar a pessoa para uma outra existência,parta que ela possa compreender e resiginificar situação da vida presente. . TERAPIA DE ENCORAJAMENTO. Objetivo é através da sugestão,aumentar a auto estima;auto confiança;desenvolver suas potencialidades;força interior.

TERAPIA ESPIRITUAL. Objetivo,levar a pessoa a encontra com pessoas que não estão mais entre nós, e fazer um desligamento espiritual.

TERAPIA DE MODELAGEM. Objetivo, reunir comportamentos e habilidades de pessoas,formando um modelo e introjetando suas qualidades
. HIPNODRAMA. Objetivo, vivenciar,experimentar sensações e emoções de outras pessoas para aumentar sua auto percepção e compreensão
. TERAPIA DE PROGRESSÃO. Objetivo, projetar a pessoa,para o futuro para que ela experimente e viv…

MEDITAÇÃO

Imagem
A palavra meditação vem do Latim, meditare, que significa Voltar-se para o centro no sentido de desligar-se do mundo exterior e voltar a atenção para dentro de si. Em sânscrito, é chamada dhyana, obtida pelas técnicas de dharana (concentração), no chinês dhyana torna-se ch'anna e sofre uma contração tornando-se Ch'an e Zen em japonês,

Definição
A meditação costuma ser definida da seguinte maneira:
um estado que é vivenciado quando a mente se torna vazia e sem pensamentos;

prática de focar a mente em um único objeto (por exemplo: em uma estátua religiosa, na própria respiração, em um mantra);
uma abertura mental para o divino, invocando a orientação de um poder mais alto;
análise racional de ensinamentos religiosos (como a impermanência, para os Budistas)
 Prática
É fácil se observar que nossas mentes encontram-se continuamente pensando no passado (memórias) e no futuro (expectativas). Com a devida atenção, é possível diminuir a velocidade dos pensamentos, para se observar um silê…

MAGNETISMO ANIMAL.

Imagem
Mesmerismo, também chamado de 'magnetismo animal' (notadamente nos séculos XVIII e XIX) é o estado ou o resultado de alguém, obtido ao ser mesmerizado (ou magnetizado), com um dos significados acima listados. Mesmerizar (<antropônimoMesmer "mesmer" + sufixo "-izar") é termo sinônimo de hipnotizar, magnetizar, encantar, todos eles ou com osignificadodenotativo de causar ou produzir hipnose ou com o significadoconotativo de causar uma boa impressão. Médico Mesmer criou uma terapia científica, revolucionou a medicina, antecipou conceitos da Doutrina Espírita, elaborou uma fisiologia humana espiritualista, iniciou a psicologia experimental. Mas suas descobertas estão esquecidas aguardando quem as resgate. O homem não é apenas um corpo. A complexidade da fisiologia humana ultrapassa os limites de observação dos sentidos físicos. O homem está imerso numa matéria sutil, que se espalha por todo o Universo e o interliga com todos os seres: é o princípio vital, tamb…

HIPNOSE

Imagem
Uma das faces mais significativas da nossa mente é a influência de nossas noções preconcebidas sobre nosso modo de ver, interpretar e consequentemente atuar diante de determinados estímulos ou eventos, por exemplo, uma pessoa que não confia nas demais é porque não confia em si mesma.
Uma pessoa que tem medo de escuro é porque associa elementos negativos a ele; uma pessoa que pensa que a outra não é capaz de mudar uma conduta pode se afastar dela; uma mulher que pensa que seu companheiro está chateado, atua não dirigindo a palavra a ele porque em sua mente formou-se uma idéia do outro e, consequentemente, não a permite atuar e resolver o problema.
Desta forma, as nossas opiniões e crenças afetam o modo de ver e interpretar os acontecimentos, e lembrar-se deles de maneira positiva, negativa ou, em outros casos, não querer lembrar-se nem enfrentá-los.
Apenas para demonstrar a você como, sem percebermos, as nossas crenças influenciam a nossa conduta, vou pedir que pense na palavra “dentista…