Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2010

EMAGRECIMENTO COM EXERCÍCIOS IMAGINATIVO.

Imagem
As pessoas que odeiam seguir de dietas de emagrecimento e fogem da academia vão querer ler com atenção a história da inglesa que afirma ter perdido 6 kg dormindo. Suzie Gibbs, 56 anos, credita o resultado após ter se submetido à hipnose, que a levou a imaginar fazer exercícios enquanto dormia.

A inglesa descobriu o tratamento ao procurar solucionar dores crônicas das costas, causadas pelo excesso de peso. Suzie pesava 107 kg e há anos tentava fazer dietas para emagrecer, sem sucesso. Ela passou por três sessões de hipnose nas quais visualizou estar fazer exercícios físicos e também precisou ouvir um CD prescrito pelo terapeuta todas as noites durante um mês. Suzie afirma que a hipnose também a ajudou a começar a gostar de fazer exercícios no mundo real, quando está acordada, e a deixou muito mais ativa no dia a dia. "No início pareceu atitude de alguém desesperada, mas em uma semana eu tinha perdido 2 kg e sentia meus músculos mais tonificados e duros", disse ao jornal Daily M…
Imagem
Multiuso, hipnose amplia possibilidades e contribui até no combate a vícios
Após ser vista com desconfiança, a hipnose vem ganhando cada vez mais espaço na sociedade. Hoje, o processo é usado com os mais diversos objetivos, como meio para atingir metas, maximização da criatividade, contribuição para alívio de dores e até no combate a vícios.
“A HIPNOSE amplia as possibilidades humanas. Sabe-se que, quando estados psicológicos e fisiológicos são alterados, quebram-se padrões pessoais rotineiros. Assim, pode-se explorar outros recursos graças ao relaxamento da musculatura e controle da ansiedade”, explica André Percia, presidente da Sociedade Latino Americana de Programação Neurolinguística (SLAPNL).

De acordo com o especialista, a hipnose hoje é aplicada em terapia, tratamentos médicos, processos de auto-gerenciamento, auto-ajuda, para o alcance de metas e objetivos pessoais/profissionais, entre muitos outros.

“Há diversos estudos que relacionam a prática de estados de consciência alter…

PARTO SEM DORES.

Imagem
Parto normal
Mulheres que desejam dar à luz sem recorrer à cesárea precisam controlar peso, fazer exercícios e levar uma vida saudável. As que engordam muito têm mais chances de ter bebês muito grandes, e começam a inviabilizar um parto normal, pois o nascimento de um bebê de 4 kg tem mais chances de se complicar do que um menor, pois pode haver problemas para a passagem dos ombros pelo canal vaginal, por exemplo. "A mulher também precisa querer o parto normal, ter essa cultura, ter família que apoie", disse Faggion.
Parto normal 2
Fora a questão do ganho de peso excessivo, o parto normal não oferece riscos à mãe ou ao bebê desde que a gestação tenha sido acompanhada pelos exames pré-natal. "Os riscos são muito baixos se foi feito um pré-natal correto, se os riscos de má-formação foram excluídos pelos resultados dos exames de ultrassom, se o bebê não for prematuro e a paciente não sofrer de hipertensão", afirmou o especialista. A Organização Mundial de …