FREUD E A HIPNOSE..

Freud Além da Alma
  A trajetória de Freud, uma fase bastante significante em sua carreira. Investigando a histeria Freud acaba descobrindo a psicanálise.
Na intenção de se aprofundar nos estudos sobre a histeria Freud diz à família que vai a Berlin ou paris onde o Dr Charcot, desafia a ciência com os fenômenos mentais. Despede-se da família que o apóia e da noiva e parte para Paris onde assiste a hipnose do Dr Charcot, um estudioso criticado por suas teorias sobre a histeria e o uso da hipnose. Freud fica impressionado com o que vê.
O paciente quando hipnotizado está inconsciente e a ansiedade excessiva impede que vá do inconsciente para o consciente a causa do problema, Freud observa essa dificuldade e compara a uma porta fechada ou parede que impede a passagem. Os desejos impróprios que não são realizados, reprimidos por serem condenados somado ao medo pela punição ficam no inconsciente bloqueados a irem para o consciente. Causando a doença física, embora fictícia na mente do paciente doente, a doença na verdade não existe, foi o que demonstrou Charcot e Freud no filme. O paciente quando em estado de transe (hipnotizado) o problema físico não existia foi sugerido pelo paciente.
 Dr Charcot para demonstrar que a doença é sugerida e não é física, hipnotiza dois pacientes que sofrem de histeria num primeiro momento os pacientes apresentam os problemas habituais da doença e logo depois de hipnotizados e sob sua ordem abandonam a doença. Depois ele transfere a doença de um paciente para o outro sugerindo isso a eles, assim demonstra que a doença não é orgânica foi induzida, sugerida por eles por causa de um trauma. A paralisia da paciente não existia no inconsciente dela tanto que caminhou pela sala diante dos presentes.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A cirurgia HIPNOTICA de redução de estômago

HIPNOSE PODE MUDAR O DNA

Transtorno de Personalidade Borderline