Especialista português defende vantagens médicas da hipnose



O uso da hipnose e da hipno-análise na medicina moderna foram os temas de uma conferência no sábado de Alberto Lopes, fundador da Associação Portuguesa de Hipnose Clinica e Hipnoanálise, no Centro de Apoio Social e Associativo (CASA), em Clausen.
Segundo Alberto Lopes, mestre em neuropsicologia pelo Instituto Superior da Maia, a hipnose é um método terapêutico usado há vários séculos. Apesar disso, a disciplina tem sido descredibilizada “por falta de informação e formação dos técnicos que aplicam este método”, lamenta o conferencista.
Para mais, acrescenta Alberto Lopes, a televisão e o cinema retratam muitas vezes os resultados da hipnose como “momentos cómicos, como quando vemos pessoas a imitar animais” sob o efeito da hipnose.
“Não é de todo esta a finalidade da hipnose e da hipnoanálise que utilizamos. Para nós, este é um método a aplicar em contexto médico e para acompanhar outro tipo de tratamento”, explica Alberto Lopes, que em Março vai apresentar um novo programa de televisão na RTP sobre este tema.
O conferencista denunciou ainda casos de utilização de técnicas hipnóticas no marketing e publicidade, “para enviar imagens subliminares de consumo”.
Para o conferencista, a hipnose é um método não-invasivo de tratamento em contexto médico, como em casos de depressão e ansiedade, problemas alimentares, na gestão da dor crónica e aguda, problemas de concentração e memória, assim como perturbações do sono, e mesmo na substituição, em alguns casos, da anestesia química, vulgarmente utilizada nos hospitais. A técnica pode ser usada “como substituição das anestesias dadas em pequenas operações de 45 minutos a uma hora, com efeitos testados cientificamente pela equipa médica e universitária”, explicou Alberto Lopes.
No final da conferência, Alberto Lopes fez algumas demonstrações práticas da aplicação da hipnose e das possibilidades deste método secular.
O conferencista espera que a utilização da hipnose como método terapêutico se alargue, como já acontece “na Bélgica, França, Alemanha e Reino Unido”. O conhecido hipnotizador, que se tornou conhecido no programa “Soro da Verdade”, da SIC, não tem dúvidas sobre as vantagens destas técnicas. “Não sou apenas eu que o digo. A Organização Mundial de Saúde reconhece as vantagens do uso da hipnose para dar qualidade de vida às pessoas”, afirmou.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A cirurgia HIPNOTICA de redução de estômago

Transtorno de Personalidade Borderline

HIPNOSE PODE MUDAR O DNA